Testar central multimidia

Antes de eu receber uma central multimídia para analise, orçamento ou conserto eu sempre faço uma série de perguntas para tentar entender o defeito, desta forma evito que centrais multimídias sem defeito deem entrada aqui.

Mas nem todas as empresas estão preparadas para isso, muitas vezes percebo que alguns empresários tentam enganar ou ocultam informações para conseguirem ganhar um pouco mais de dinheiro.

Desta forma, vou passar algumas dicas de como testar a sua central multimídia antes de enviar a uma assistência técnica para conserto.

Serão algumas dicas básicas, que qualquer usuário com o manual do carro poderá fazer.

Quando a central multimídia não liga

O primeiro ponto a ser visto é a bateria, mas antes de qualquer analise nela recomendo ler esse post aqui.

Se não há problemas na bateria, vamos analisar os fusíveis.

Esse item gera muita confusão e medo, fiquem tranquilos. Sempre é bom ter em mãos o manual do carro, sem ele fica um pouco difícil localizar o fusível da central multimídia.

Se estiver queimado a aparência será parecida com essa foto abaixo:

fusivel queimado
Fusível queimado

Mas se o fusível parecer intacto, sempre é bom troca-lo, as vezes ele esta rompido mas não é facilmente visualizado. Custa barato.

Continua com problemas? Remova o fusível e deixe sem por aproximadamente 5 minutos, recoloque.

Quando a central apresenta um mal funcionamento

Algumas centrais de fábrica ou aquelas fabricadas por terceiros possuem um botão de “reset”. Isso faz com que algumas funções voltem aos padrões de fábrica e resolvam alguns defeitos, por exemplo, áudio ou até mesmo localização do GPS.

Existe também a possibilidade da central estar superaquecendo, principalmente aquelas com entradas USB.

Devido a projetos, muitas centrais não estão preparadas para carregar a bateria de smartphones modernos. Isso causa uma sobrecarga nos componentes e faz com que a central desligue repentinamente ou apresente “bugs”.

Remova qualquer dispositivo conectado na porta USB e pressione o “reset” da central multimídia.

Cuidado com acessórios instalados

Não é incomum após a instalação de algum acessório a central multimídia apresentar problemas, já atendi clientes que instalaram câmeras de ré e depois de algum tempo começou a apresentar problemas.

A função ré era “acionada” sem que o usuário percebesse, deixando a imagem escura na tela. Na bancada não havia defeito.

Alto falantes em curto circuito são campeões quando ao assunto é “sem áudio”. Há uma proteção nas saídas de áudio que cortam essa função quando há alguma anomalia.

Defeitos no Pendrive e cartão de memória

Já pensou enviar sua central multimídia para analise, gastar dinheiro com correios e embalagem e perceber que o defeito era um cartão de memória defeituoso?

Sim, já tive casos em que o defeito na central era um simples cartão de memória.

Quando for efetuar os testes, remova todo e qualquer dispositivo conectado a central multimídia.

As portas USB devem ficar livres, sem cabos ou acessórios.

Quando removerem o fusível verifiquem se não há nenhum corpo estranho na entrada do conector USB, moedas, clipes de papel ou até mesmo presilhas podem causar curto circuito.

Não tem sinal de vídeo mas ela as vezes funciona ou a tela fica com alguma mancha

Essa causa não é comum, mas já tive alguns casos nestes últimos anos.

A câmera de ré da grande maioria das centrais multimídia tem como sinal da ré a alimentação da lâmpada traseira do carro.

Ao engatar a marcha ré, um interruptor no câmbio envia esse sinal. O problema ocorre quando esse interruptor (cebolinha) apresenta defeito.

Dentro do carro é difícil visualizar o defeito, além claro da instabilidade da central multimídia.

O ideal é sempre verificar se a luz de ré não esta funcionando sem que o carro esteja nesta função.

Conclusão

Acredito que esses sejam os principais defeitos que o usuário comum pode visualizar e resolver sem que haja a interferência de um técnico.

O ideal é sempre procurar um profissional de instalação antes de remover seu aparelho e enviar aqui para análise, as vezes o defeito é simples e rapidamente resolvido.

2 COMENTÁRIOS