Explicarei nesse post como usar hd em central multimídia para colocar músicas, vídeos e até mesmo fotos.

O que é um HD? 

Hard Disk ou unidade de disco rígido é um dispositivo eletromecânico de armazenamento de dados.

Existem vários tipos de interface de conexão entre HD e computador, vou abordar 2 tipos, o com interface SATA (Serial ATA) e os dispositivos externos (HD externo), esses dois modelos poderão ser usados em algumas marcas de centrais.

 

Usando HD removido de um computador

Recentemente troquei o HD do meu computador por um de maior capacidade, resolvi aproveitar o antigo. A interface de conexão é a SATA, como a central multimídia não possui essa conexão temos que usar um adaptador ou uma gaveta para HD.

HD removido de um Notebook

A gaveta para HD converterá a conexão SATA (Serial ATA) em USB, que é a conexão usada nas centrais multimídias.

HD removido de um Notebook

A montagem é simples e não tem dificuldades, caso tenha dúvidas procure em sua cidade alguém com conhecimento em informática que vai auxilia-lo na compra da gaveta e na montagem.

Agora temos um HD externo pronto para o uso.

 

Usando um HD externo comprado pronto

Nas lojas virtuais e algumas lojas de rua achamos facilmente HD’s do tipo externo. Diferente do caso acima, não há necessidade de montagem ou da gaveta, esse modelo já vem pronto para o uso.

A configuração dos dois tipos abordaremos abaixo.

 

Configurando o HD para usar na Central Multimídia 

Nesse passo será necessário o uso de um computador (PC) e algum conhecimento em informática.

Usarei como base o Windows 10 PRO e uma central multimídia Kenwood modelo DNN9150BT. Para outros modelos recomendo buscarem informações através do Google.

O primeiro passo é saber qual o tipo de alocação a central multimídia trabalha. Os tipos mais comuns são: FAT, FAT32, exFAT e NTFS.

No caso do modelo Kenwood, FAT32 é o ideal, a informação consta no manual.

Manual da Central Kenwood

Vamos conectar o HD no computador e seguir os passos abaixo:

Abra o Gerenciamento de Disco (basta digitar na barra de busca do Windows);

Informações da partição e espaço não particionado [clique para ampliar]
Observem que ele esta com a alocação em NTFS, precisamos mudar para FAT32. Mas ao tentar mudar ele não mostra a opção. O motivo é que FAT32 possui limitação de armazenamento que é de 32gb. Teremos que criar partições.

Para criar partições serei breve, caso tenha dúvidas recomendo buscar no Google;

 

Criando Partições no HD

No gerenciamento de Disco, sobre a unidade que deseja particionar (Nosso HD), clique como botão da direita;

Clique em “novo volume simples”, na caixa que abrir, clique em “Avançar”;

Digite o Valor escolhido, no meu caso farei 9 partições. Como o HD possui 300gb serão 9 partições de 32gb (aproximadamente). Atenção que os valores são em MB. Clique em “Avançar”;

Marque em “atribuir a seguinte letra da unidade”, escolha “J” ou outra que desejar. Lembre-se, serão mais 8 partições, cada uma com uma letra. Clique em “Avançar”;

Escolha “Formatar esse volume com as seguintes configurações”, em sistema de arquivos escolha FAT32;

Tamanho de alocação, deixe em padrão. Rótulo do volume, deixe em “Novo Volume” ou escolha um nome que deseja;

Marque a caixa “executar formatação rápida”. Clique em “Avançar” e logo depois em “Concluir”.

Se tudo deu certo, ficará desta forma abaixo:

Informações da partição e espaço não particionado [clique para ampliar]
Observem que ainda há espaço não particionado. Faça novamente os passos para criar nova partição. No final de tudo esse será o resultado:

Resultado final das partições [clique para ampliar]
Observem, consegui criar 10 partições sendo a última com pouco mais de 16gb.

Agora, basta colocar os arquivos que deseja em cada partição.

 

Caso sua central aceite o ExFat, talvez não seja necessário criar partições. O mesmo se aplica ao NTFS.

 

Segue o vídeo do teste na central multimídia.

 

Após os testes com o HD conectado no USB da Central Multimídia 

Nos testes percebi que a central não leu todas as partições, foram somente 6 das 9 criadas.

Precisei deixar o HD sobre um pano bem macio, dependendo da rua e dos buracos ele parava de funcionar. Com o pano melhorou bastante.

Não sei se funciona em todas as centrais, lembro que algumas da marca Roadrover funcionavam em exFAT, façam o teste.

Verifique se sua central consegue alimentar o HD, normalmente as saídas USB fornecem 500ma, o ideal é 1A (ampere), verifique as especificações do HD também.

Não se funciona com todos os Hd’s.

Essa solução é ideal para aquele HD esquecido na gaveta, gastei R$18,00 pela gaveta e tenho um “pendrive” com uma capacidade absurda.

5.0
03

Deixe um comentário

Faça o Login para comentar
  Inscrição  
Notificação