eliminar ruido de motor

Nossa, quando alguém diz que esta com problemas de ruído de motor no som do carro fico preocupado pois sei que na maioria das vezes isso não será tarefa fácil de se resolver.

Ruído de motor é todo aquele barulho em média e alta frequência que é transmitido nos alto falantes do carro, de modo geral esse termo pode ter outras causas além do que o nome sugere, bomba elétrica ou até o motor elétrico do limpador de para brisa.

Na década de 90 eu considerava até fácil pois em sua grande maioria os problemas estavam relacionados aos cabos de vela, esse item era pouco trocado pelos proprietários dos veículos, logo era fácil encontrar cabos danificados e com fuga de tensão.

Nos anos 2000 o cabo de vela começou a ser substituído conforme as recomendações das montadoras e isso resolveu muitos problemas, mas ruídos de motor nunca forma exclusivos deste item.

Lembro de um caso onde o amplificador captava ruídos vindo da bomba de combustível, mesmo longe a interferência incomodava. A solução foi blindar tanto o cabo da bomba quanto alguns cabos de entrada do amplificador. Além de garantir e refazer alguns pontos de “aterramento”.

Um antigo patrão adorava usar aqueles “filtros” de ruídos que eram nada mais que um transformador que eliminava ou atenuava essas frequências mas na maioria dos casos ele limitava muito a corrente, principalmente no uso de amplificadores. Nunca gostei dessa solução.

Supressor de ruído

Não existe um roteiro na procura da origem do ruído do motor ou de qualquer outro equipamento eletrônico, a experiência é ponto fundamental e o conhecimento em eletrônica ajuda. A seguir colocarei algumas possíveis origens e causas mais prováveis, lembrando que não é regra.

Lembrando que antes de começar o ideal é isolar o ruído em um determinado equipamento e sempre ter em mãos um multímetro.

Ruído de motor da HU (Head Unit, mais conhecida como unidade principal)

Quando o ruído é captado pela unidade principal o problema pode estar em algum problema de aterramento dentro do equipamento.

  • Em alguns produtos há um “fusível” que protege as saídas e entradas RCA, ele é mais conhecido como “micro fuse” e são em formato SMD. Essa queima ocorre principalmente durante a instalação, quando há um problema de “aterramento” do amplificador e o RCA é conectado esse componente queima gerando um grande ruído ao ligar o carro;
  • Cabos RCA muito próximos de cabos de energia, não deveriam causar interferência mas em aparelhos de baixa qualidade isso é possivel. Sempre deixe-os o mais longe possivel e verifiquem sempre se a blindagem esta em boas condições;
  • Em alguns aparelhos há um “filtro” junto ao cabo de energia, já vi muitos instaladores removerem aquilo e depois sofrer com ruído de motor, verifique se não é o caso;
  • A qualidade do equipamento é fundamental, muitas centrais multimídias tem uma péssima construção e ao adicionar um amplificador ruídos são amplificados, verifique a possibilidade de um melhor produto ou tente usar um filtro na entrada de energia da HU.

Se o ruído do motor é captado pelo amplificador (ou módulo de som)

  • Aqui é um caso a parte, se o amplificador for novo a qualidade ou deficiência de projeto tem que ser avaliada;
  • Verifique sempre o “aterramento“, falhas no negativo causam a maioria dos ruídos nos amplificadores. Tente evitar o “LOOP” de “terra”, ou seja, aterrar vários equipamentos em pontos diferentes causando uma diferença de potencial elétrico. Se isso for inevitável, como teste, faça um “varal” interligando todos os pontos negativos dos equipamentos e verifique se o problema resolve ou é minimizado;
  • Quando o amplificador é usado o problema pode ser falhas no aterramento do conector RCA, a famosa “solda fria“, se isso ocorrer é fácil ver com um multímetro;
  • Solda fria em outros componentes é incomum em amplificadores porém podem ser a causa, o mesmo se aplica a outros equipamentos como Divisores de frequência e processadores de áudio;
  • Ganho de amplificador excessivo pode piorar ruídos, sempre verifiquem esse item.

Ruídos vindo dos cabos, RCA (Sinal) ou de energia?

  • Os cabos de força dificilmente geram ou captam ruídos, a menos que haja uma grande diferença de potencial. Se isso ocorrer é por que há problemas nas conexões. Sempre melhore as conexões de energia do carro, as vezes nos preocupamos tanto com o som mas se toda a parte elétrica tiver problemas o ruído do motor pode aparecer;
RCA com Solda Fria
  • Cabos RCA são os mais delicados, prefira cabos de qualidade e tenha uma especial atenção as falhas de solda dos conectores às blindagens. Já vi muito cabo de marca com soldas “porcas“. Eu sempre gostei de montar meus próprios cabos, mais barato e melhor que a grande maioria das marcas famosas;
  • Entradas de Sinal, em amplificadores com entradas por fio, sem RCA, também podem receber interferência, dependendo do percurso verifique a possibilidade de blinda-los.

Conversores RCA

  • Nunca gostei desse tipo de acessório, tenho muita pouca experiência pois sai do ramo de instalação alguns anos após a sua criação. Algum tempo atrás fiz uma instalação com esse tipo de acessório e deu ruído, a solução foi blindar todo o conversor. Não gostei mas resolveu o problema.
  • Sempre tenha em mãos outras marcas para testes.
Conversor RCA

Em som automotivo considero que quanto menos melhor, cabos menores tendem a receber poucas interferências.

Dividir e projetar o melhor local para a passagem dos cabos também é fundamental, em alguns carros a passagem dos fios de sinais pelo lado direito tendem a ter uma melhor performance, outros pelo meio do carro. Sempre estude o veiculo.

Evite o uso excessivo de filtros, acho isso uma grande gambiarra e só usaria em ultimo caso e mesmo assim pensaria duas vezes.

Caso tenha duvidas ou alguma ideia postem abaixo que tento ajudar.