17.2 C
São Bernardo do Campo
quinta-feira 20 junho 2024 09:05:45
InícioCuriosidadesTecnologias que impedem a troca da central multimídia

Tecnologias que impedem a troca da central multimídia

Amplificadores originais, centrais multimídias com ajuste de funções originais, ANC, conheça as tecnologias que dificultam a instalação

Recentemente comecei a perceber algumas tecnologias que impedem ou dificultam a troca da central multimídia original de alguns veículos.

Colocarei aqui alguns exemplos mas com poucas opções de resolução tendo em vista que muitas empresas não possuem interesse em desenvolver soluções devido ao alto custo em engenharia reversa.

Central Multimidia com amplificador original

Durante alguns anos amplificadores originais tinham o funcionamento igual a qualquer outro, isto é, uma entrada de baixo nivel mas sem ajustes de ganho mas que facilmente era contornado com o uso de resistores ou o uso de pré amplificador.

Publicidadepublicidade

Mas o problema começou com a adoção de entradas de áudio digitais ou aquelas controladas pelo CANBUS.

Veículos Hyundai, por exemplo, para a troca ou instalação de algumas centrais multimídias necessita de um ADC, ou seja, um conversor analógico para digital. Essa interface, apesar de simples, demorou para aparecer no mercado fazendo com que muitas lojas removessem o amplificador original.

peugeot amplifier
Amplificador Original Peugeot

Remover o amplificador original traziam outro problema, os amplificadores possuíam cortes de frequência de áudio específicos para cada alto falante, por exemplo, tweeters recebiam somente sons agudos, mas ao trocar para um outro amplificador, a maioria dos instaladores não colocavam filtros, a queima era certa. Com isso casavam outra venda, a de Kits 2 vias.

Land Rover também daria um ótimo exemplo, mas com tão poucos carros vou falar da Peugeot.

Algumas versões de Peugeot 307, 308 e o RCZ saíram com amplificadores externos mas controlados pelo Canbus. As entradas de áudio eram analógicas mas tudo era controlado em conjunto com a unidade principal, ou seja, mesmo caso Hyundai.

As interfaces criadas nas épocas em que esses veículos apareceram eram caríssimas e impossibilitavam a compra aqui no Brasil, a maioria era importada. Por esse motivo muitos proprietários preferiram trocar o amplificador, e consequentemente, os alto falantes devido a queima (explicado acima).

Central Multimídia original com funções dos Carros

Alguns anos atrás a instalação de centrais multimídias em um Peugeot 307 chegavam a ser engraçadas. Tínhamos que deixar o display. Alguns fabricantes, como a Coagent, enviavam um suporte e extensão de cabos para instalar o display em outro local.

O motivo era porque o display continha informações de ajuste dos carros que as centrais não possuíam. Demorou um pouco para que integrassem isso à central.

Display original peugeot
Display original do Peugeot 307 que era reinstalado

Um pouco mais atual, veículos Chevrolet possuem, além de comandos e ajustes do carro pela unidade principal, os sons de alerta são transmitidos nos alto falantes.

Esse problema apareceu primeiro na Chevrolet Captiva. Quando instalávamos centrais nesse carro o dono tinha que escolher em ter um sistema de entretenimento ou ter sons de seta e alertas de cinto/ farol aceso. Isso acontecia pois a central multimídia era do Chevrolet Epica (Americano HU sem canbus) e o sistema eletrônico era derivado dos veículos Europeus com LINbus (uma espécie de Canbus). Até hoje vejo gente reclamando.

Esse sistema é usado hoje em dia, até em Onix, muitas centrais já possuem compatibilidade mas não é difícil encontrar interfaces para resolver esse problema.

Carros com ANC

Aqui o motivo principal para essa postagem.

Cada vez mais veículos estão equipados com ANC e pouca gente tem percebido que isso vai impedir o uso de centrais multimídias além daquelas projetadas para o veiculo.

Mas o que é ANC?

ANC é uma abreviação em inglês de “Active Noise Cancelling”. Essa tecnologia é muito usada em fones de ouvido.

De maneira bem simplificada, um microfone instalado (externamente, internamente ou hibrido) capta os ruídos, eles são transmitidos em uma fase invertida fazendo com que eles sejam cancelados ou atenuados.

cancelamento de fase
Cancelamento de fase

Para entender o que é fase, imagine a onda na água. Quando duas ondas opostas se encontram o resultado é uma onda menor ou até o seu total cancelamento. No áudio o principio é o mesmo.

car ANC noise
Tecnologia ANC em um carro

Engenheiros perceberam que essa tecnologia poderia ser usada no carro para diminuir os ruídos de motores e atrito dos pneus em diferentes tipos de piso.

Com isso o ruído interno de um veiculo é muito menor e usando menos materiais absorventes, economizando peso e consequentemente, combustível.

Essa tecnologia esta implementada em veículos como o Honda Accord e topos de linha Hyundai (RANC), bem como montadoras de luxo, como BMW, Mercedez, etc.

Desta forma, a unidade de infotainment, além de controlar estas funções, tem papel essencial no funcionamento do ANC impedindo a sua troca.

Com cada vez mais tecnologias as centrais multimídias agregam funções além de somente áudio e vídeo, por esse motivo a sua troca tem que ser avaliada e sempre buscando profissionais capacitados que auxiliam na escolha.

Reinaldo Soares
Reinaldo Soareshttps://reiaudio.com.br
Técnico automotivo e eletrônico, Consultor. Mais de 25 anos de experiência no ramo de som e acessórios automotivos. Já restaurei a elétrica de carros antigos, customizei motos mas minha paixão é mesmo eletrônica.
PublicidadePublicidade

Mais Populares

PublicidadePublicidade