Olá a todos, não sou um profissional novo no mercado e a busca de informações para estudo sempre foi o foco. Hoje, percebo que uma das ferramentas que me ajudou muito tem passado dificuldades, será o fim dos fóruns de discussão?

Em 2004 após alguns meses lendo muito, me cadastrei em um dos fóruns mais conhecidos na época, se não o único, autosom.net

Aprendi muito, discussões sempre foram a melhor forma de debater assuntos, é desta forma que podemos compartilhar informações e conhecimentos.

Quase dois anos depois, foi a vez do HTFórum criar um espaço dedicado ao som automotivo, eu estava lá.

 

Alguns anos fora

Sempre que podia frequentava um destes fóruns, mas durante uma certa parte da minha vida profissional ficou difícil acompanhar. Foram dois ou três anos sem praticamente acessar nenhum conteúdo.

Voltei por volta de 2012 e algo tinha mudado, as pessoas que costumavam postar ou ajudar já não estavam presentes, normal, tendo em vista que eu também havia ficado fora.

Comecei a perceber pouco debate e uma geração conhecida como “hater”, pouco ou nada contribuía e só causavam confusão.

 

Apesar de não postar muito, sempre estou presente

Após meu retorno, mesmo não estando presente nas postagens, sempre li aquelas que achava interessante. Talvez como forma de distração ou em alguns casos, como estudo. Foquei mais em um fórum, o publico que frequentava era adulto e as confusões eram menores.

Foi dessa forma que comecei a perceber nos últimos anos um fenômeno interessante, a criação de grupos no Facebook e Whatsapp.

 

Como o Facebook e Whatsapp tem tirado usuários dos fóruns

Não precisaria dizer, mas para os desavisados, para um fórum se manter ele precisa de usuários, cada anúncio presente gera uma renda ao proprietário, é dessa forma que ele é sustentado. Não pense que é barato, nunca um plano da Godaddy de R$10,00 conseguiria suportar a quantidade de pessoas ao mesmo tempo.

Percebi que cada vez mais eram divulgados grupos, ora no Facebook, ora no Whatsapp, eram feitos com o intuito de “compartilhar” informações. Mas isso é contraditório, tendo em vista que as ferramentas de pesquisa destes meios são bem limitadas.

Aqueles usuários que procuravam respostas prontas e consultoria gratuita acharam sua “mina de ouro”, ao invés de pesquisar bastava postar sua dúvida que um “especialista” ajuda. Se tiver sorte, outros “especialistas” entrarão na conversa.

Mas onde estão os testes? As discussões iniciadas de temas simples que tomavam dimensões e criavam ideias para novos posts? Nada, somente um monte de sanguessugas sem nenhum comprometimento em compartilhar informações e aprender.

 

15 anos depois

Hoje, continuo presente no Htforum, o Autosom visualizo porém, dificilmente posto lá. Acredito que tudo tenha fases, mas a quantidade de informações disponíveis nesses meios é algo inimaginável. Pouca gente lê ou compartilha, é mais fácil abrir um tópico e solicitar uma consultoria, sempre terá alguém disposto a “ajudar”.

Fico triste, aprendi muito nesse universo de fóruns, e olha que citei somente os relacionados com som automotivo, frequento fóruns de ciclismo, programação, criação de sites e outros fora do Brasil. Sempre quando tenho uma dúvida é ali que busco informações.

Tudo que você esta vendo aqui foi, de alguma forma, fruto de fóruns. Aprendi a criar sites, programar (php, html de forma simples) em fóruns, desde colocar um simples WordPress no ar até “criar” um servidor.

Ver o setor tendo cada vez mais gente disposta a aprender seria gratificante, mas acontece o contrário.

 

Como ficará?

Difícil dizer, acho que Whatsapp é só mais uma moda que brasileiro logo enjoa. É uma ótima ferramenta de comunicação, mas extrapola. Se não tomar cuidado as pessoas invadem sua privacidade.

O Facebook ano após ano perde usuários, é questão de tempo para que algo ocupe o seu lugar.

E vamos buscando informações de outras formas, livros (detesto ler livro), fabricantes.. mas nunca será igual a um fórum.

Deixe um comentário

Faça o Login para comentar
  Inscrição  
Notificação